Como finalização do projeto “Eu uso e não abuso”,

fizemos um jornalzinho com algumas atividades e

fotos do andamento do projeto.

  Este jornal será entregue aos pais na Reunião de

Pais e Mestres do dia 28 de Outubro, mas quem por

algum motivo não puder vir é só retirar depois com

a professora de seu filho…

  Aqui você confere como ele ficou lindinho…

   .

.

.image

image

image

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

image

.

image 

.image

.

.

     100_1835  

No dia 26/ 05 /2010 nossa escola também participou do dia do desafio.

        Antes das fotos vamos conhecer um pouquinho desde dia onde todo mundo se mexe! (informações retiradas do site:http://www.sescsp.org.br/diadodesafio/historia.cfm?lang=pt-br)

.

             “No inverno de 1983, quando a temperatura em uma pequena cidade do Canadá chegava a 20 graus negativos, o Prefeito sugeriu que, às 15 horas, todos apagassem as luzes, saíssem de casa e caminhassem por 15 minutos ao redor do quarteirão mais próximo. Era um convite ao exercício do corpo.

Pelo total de eletricidade economizada no momento da caminhada, foi possível estimar o número de pessoas envolvidas na atividade.

No ano seguinte, a experiência foi compartilhada com a cidade vizinha e ambas realizaram a caminhada juntas, na mesma data e horário. Estava lançado o espírito que definiria o programa do Dia do Desafio dali em diante.

O Dia do Desafio passou a realizar - se todos os anos na última quarta - feira do mês de maio, em todo o mundo, e cresce em número de cidades e em total de participantes.”

.

      Neste dia fizemos atividades na quadra da escola. As crianças puderam pular, dançar, fazer exercício e as professoras também entraram na ‘dança’.

100_1833

Exercícios.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

100_1836

Corrida com as mãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

100_1842Roda de atividade física(danças e imitações)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.     

      Foi um dia bem gostoso e visitando o site do dia do desafio encontramos o ranking das cidades e lá estava Bragança Paulista que ‘disputou’ com  San Pedro G. Garcia /México  veja como ficou:

.

.

image

.

RELATÓRIOS DE CONFRONTOS ENTRE CIDADES _DIA DO DESAFIO 2010

http://www.sescsp.org.br/sesc/hotsites/diadodesafio_new/arquivos/downloads/Resultados%20Geral.pdf

.

.

     É muito bom saber que varias pessoas da cidade aderiram a este dia que nos leva a refletir sobre a importância e a delicia de ‘chacoalhar o esqueleto’

       Ano que vem teremos mais.

.

.

 

. .

.

“Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio. _ Albert Einstein”

.

     Estamos de volta!!!

.

…Temos muitas novidades e vamos começar pelas fotos da nossa ‘Festa Julhina’.

     Neste ano decidimos por fazer um Recreio Junino com os alunos da Educação Infantil, antes da comemoração fizemos algumas atividades para garantir que a festa fosse uma finalização de todo um trabalho em cima da cultura da nossa região, quanto a musicas, danças, doces, etc...

.

     As professoras trabalharam:

-As danças típicas.

   .  Algumas salas ensaiaram algumas danças para apresentar aos amigos.

 

-Brincadeiras.

     As professoras trabalharam antes as regras das brincadeiras, para que chegassem na festa sabendo a brincadeira e como brincar. Além disso as salas confeccionaram o ‘jogo de latas’ com caixinhas de leite,  a pescaria com areia do nosso parque de madeira e já tínhamos a boca do palhaço.DSC01893

DSC01894

100_0593

Jogo da lata                              pescaria                     boca do palhaço

.

-Musicas

     Mesmo quem não iria dançar trabalhou as musicas, suas letras, escrita…

100_0589

-Troca

    Pois na festa trocamos fichas por brincadeiras,então eles deveriam saber desta ‘regrinha’ que para cada fichinha poderiam ir a uma brincadeira.

Vermelha_boca do palhaço

Amarelo_Pescaria

Azul_Jogo da lata

    As fichas podiam ser reconhecidas pela escrita e/ou pela cor.

.

-Produções artísticas 

    Depois que eles passavam pelas brincadeiras ganhavam doces como prendas, que colocavam no saquinho que fizeram depois de ver telas de pintores sobre o assunto e vídeo disparador com figuras e vídeos sobre festa junina, para que tivessem repertorio para produzir , desenhos, colagens, no saquinho de pão que se transformou em um ‘saquinho junino’

.

20100701090326(1) 20100701090326(3)

(as crianças confeccionaram os saquinhos que serviram para guardar as prendas)

 

    Usamos este vídeo como disparador( as imagens e vídeos foram retirados do site youtube)

.

.

.

.

-Receitas

   Fizemos receitas típicas como: paçoca e bolo de milho.

.

-‘Moda caipira’

   A maneira como nos vestimos para esta festa, maquiagem, chapéu…

100_0602

100_0577

100_0641

 

    Depois fizemos uma roda caipira, para dançar algumas musicas.

.

(logo colocaremos o vídeo)

.

    Foi um dia muito divertido e pudemos colocar em pratica tudo o que aprendemos, melhor que isso: Tudo o que vivemos !!!

Depois de descansar um pouquinho estamos de volta!

.

.

.

.

Aos poucos vamos por em dia o nosso blog, com algumas coisas que aconteceram antes das ferias como o recreio junino e as coisas que já estão acontecendo como o dia que tivemos o ônibus de historia aqui na nossa escola.

>

Logo logo retomamos o ritmo…

Bom retorno a todos!

.

.

Imagensretiradas do site: www.google.com.br

     As crianças do Infantil III da professora Sandra Cômito são freqüentadores assíduos da nossa biblioteca.

.

image

Gostam muito de todos os livros, mas um chama a atenção e sempre é leitura obrigatória:Era uma vez um gato xadrez...escrito por Bia Villela ( http://www.escala.com.br/detalhe.asp?id=7286&grupo=43&cat=279),  um livrinho bem bonitinho, com cores vivas traços fortes, e rimas que encantam.   

.     

         Gostam tanto, e já pediram tanto, que a professora teve uma idéia…Cada aluno ter um!

     Então a professora levou o livro para a sala e eles confeccionaram seu livro, pagina por pagina, trabalhando as cores, formas, letras, ritmos, versos e ajustes de leitura desta historia.

.

image.

.

     Para finalizar esta atividade eles fizeram uma leitura compartilhada do livrinho e nós estavamos lá para registrar este momento.

    .

     Vamos ver?

.

.

 

“Experimentar a vida com um novo olhar, com um novo sabor só é possível quando temos um ingrediente fundamental: Desejo de conhecer.” (Marilza Vaz)

.

É esse desejo que nos faz crescer, melhorar sempre. Com esta certeza fazemos experimentações de brincadeiras, receitas, musicas em nossos htps, com isto despertamos nos professores a ‘luzinha’ que brilhará em sala com os alunos.

Neste htp a professora Silvana trouxe a atividade de ‘pintura em maizena’ para a turma de professoras, que literalmente, colocaram a mão na massa.

.

image

A r

.eceita é super simples e você também pode fazer:

Coloque um pouco de maizena em cima de uma superfície e adicione um pouco de água, suficiente para ficar uma massinha, depois vá mexendo, brincando, desenhando…

.

Quando fazemos esta atividade vamos conversando sobre as texturas, temperaturas, cores…

Você ainda pode adicionar cores. Coloque um pouco de tinta e vá mexendo aos poucos e também misturem as cores, mostrem a ‘magica’ das tintas e façam lindos desenhos.

 

image Alunos da professora Silvana_ ‘bagunça’ e conhecimento caminham juntos

.

.

As crianças adoram…e os professores também!

   Quando uma pessoa começa a melhorar de vida, pensa logo em comprar uma boa casa. E o que é uma boa casa? É preciso um jardim e uma piscina, imaginam os pais. Eles querem para as crianças uma infância saudável, com confortos que nunca tiveram, mas não pensam no principal: um quintal. Um quintal não precisa ser grande, e o chão deve ser de terra batida. Nele deve haver algumas árvores que não pareçam ter sido plantadas, mas sempre existido.
   Um abacateiro e uma goiabeira, de goiaba vermelha, são fundamentais. No fundo, um galinheiro tosco, com uma porta quebrada, para que as três ou quatro galinhas possam correr quando alguém quiser pegá-las. Nenhum computador levará uma criança ao deslumbramento que ela terá ao encontrar um ovo e segurá-lo, ainda quentinho. É o mistério da vida nas mãos dela, mais absoluto e mais simples do que qualquer livro de filosofia.

PICT0158


   Um dia, a cozinheira avisa que vai matar uma galinha para o molho pardo. Os meninos pedem para ver a cena trágica; a mãe não quer, mas a empregada, acostumada, com o facão na mão, facilita. Se a galinha tiver dentro da barriga aquele monte de ovinhos, aí a lição de morte – e de vida – será ainda mais completa. E mais lições serão aprendidas quando alguém sugerir fazer uma peteca com as penas mais duras e algumas palhas de milho. Mas será que alguém sabe do que estou falando?
Voltando: esse quintal deve ser meio abandonado, mas muito limpo; duas vezes por dia a empregada, cantando bem alto, dá uma varrida. É importante também que haja um tanque para lavar o pé de alguma criança quando ela pisar descalça numa porcaria, e um varal com pregadores de roupa de madeira. Nesse  lugar, não vai ter horta nem pomar organizado. Em compensação, é bom que exista do outro lado do muro uma enorme mangueira para que se possa praticar o melhor crime do mundo: roubar as frutas do vizinho.
   Nos fundos de um quintal, deve haver também uma touceira de bananeiras ou bambus e, claro, um adulto dizendo sempre para tomar cuidado, pois ali pode ter uma cobra. Não há infância que se preze sem medo de cobra. Quando as goiabas começam a crescer, fica todo mundo de olho até a primeira delas estar no ponto para ser arrancada e mordida ali mesmo, sem lavar. E que sensação terrível quando se vê o bicho da goiaba se mexendo. Aí, sem que ninguém precise dizer nada, você começa a aprender que a vida é assim: ou se compra uma goiaba bonita, mas sem gosto, ou se espera com paciência ela amadurecer no pé até desfrutar o supremo prazer de dar aquela dentada – com direito a bicho e tudo.
   Mas o tempo voa. De repente você se sente só, abre o caderno de telefones e percebe sua pouca afinidade com os nomes que estão lá, que tem vivido uma vida que não tem nada a ver e começa a procurar um sentido para as coisas. Não encontra resposta, claro, mas um dia está no trânsito, vê um terreno baldio, se lembra daquele quintal no qual não pensa há anos e percebe que essa é a lembrança mais importante e mais feliz de sua vida. E passa a olhar o mundo com a superioridade de quem tem um tesouro guardado dentro do peito, mas ninguém sabe.

.

   E-mail não serve só pra receber correntes e vírus, hoje uma funcionária recebeu esta crônica e nos passou, ao ler senti o cheiro da chuva e a terra sob meus pés e pensei:

_Podemos transformar isto em realidade também na escola?

_Claro!

  Temos que transformar nossas escolas em :vivências, em sorrisos, para que mais pra frente quando nossos alunos se transformarem em adultos que aqui estudaram, seja saudade !

.

   Estas fotos são do Infantil I e a professora aproveitou o solzinho de outono para chupar mexirica na grama da escola..

.

.

.

image 

.

.

.

Texto recebido por e-mail, mas vocês podem encontrar este e outros textos da autora no site: http://danuzaleao.blogspot.com/

 

Estava passeando pelos blogs (http://leoavalon.wordpress.com/)quando dei de cara com esta historinha linda…e ainda mais com ilustrações de Mauricio de Souza. Não resisti quero dividir com todos vocês…

.

.

“…Deus chamou o seu anjo querido, e lhe apresentou o modelo de mãe. O anjo não gostou do que viu:

- O Senhor tem trabalhado muitas horas extras, já não sabe mais o que está fazendo – disse o anjo. – Olha só! Beijo especial que cura qualquer doença, seis pares de mãos para cozinhar, lavar, passar, acariciar, segurar, limpar! Isso não vai dar certo!
- O problema não são as mãos – respondeu Deus – São os três pares de olhos que precisei colocar: um que permita ver seu filho através de portas fechadas, e protege-lo de janelas abertas. Outro para mostrar severidade na hora de dar uma educação sólida. E o terceiro para ficar constantemente demonstrando amor, ternura, apesar de todo o trabalho que ela terá!
            O anjo examinou o modelo de mãe com mais cuidado:
- E isso aqui, o que é?
- Um dispositivo de auto-cura. Ela não terá tempo de ficar doente, vai ter que cuidar do marido, dos filhos e da casa.

- Acho melhor o Senhor descansar um pouco – disse o anjo. – E voltar para o modelo normal, com dois braços, um par de olhos, etc.
            Deus deu razão ao anjo. Depois de descansar, transformou a mãe numa mulher normal. Mas alertou o anjo:
- Precisei colocar nela uma vontade tão grande, que se sentirá com seis braços, três pares de olhos, sistema de auto-cura. Ou não será capaz de dar conta da tarefa.
            O anjo examinou-a de perto. Desta vez, em sua opinião, Deus tinha acertado. De repente, notou uma falha:
- Ela está vazando. Acho que o Senhor, de novo, colocou muita coisa neste modelo.
- Não é um vazamento. Chama-se lágrima.
- Serve para quê?
- Para alegria, tristeza, desapontamento, dor, orgulho, entusiasmo.
- O senhor é um gênio – disse o anjo. Era justamente o que estava faltando para o modelo ficar completo.
         Deus, com um ar sombrio, respondeu:
- Não fui eu quem colocou. Quando eu juntei as peças, a lágrima apareceu. Mesmo assim o anjo deu parabéns ao Todo-Poderoso, e as MÃES                       foram criadas…”

..

.

.

(Angeles Mastretta – Adaptação: Maurício de Sousa in “O Gênio e as Rosas e outros contos”)

Texto retirado do blog :http://leoavalon.wordpress.com

PICT0107

“A integração entre os aspectos sensíveis, afetivos, estéticos e cognitivos, assim como
a promoção de interação e comunicação social, conferem caráter significativo à linguagem musical.  É uma das formas importantes de expressão humana, o que por si só justifica sua presença no contexto da educação, de um modo geral, e na educação infantil, particularmente.”
RCNEI pág. 45.

     PICT0115  Que delicia cantar, dançar poder se soltar ao som de um violão…

      

E foi assim que o Infantil II da prof.ª Silvana trabalhou canções  que a sala já conhecia, com a ajuda da artista/professora Tamires, a aula ganhou novos sons, acordes de violão, dança na frente do espelho e muitos, muitos sorrisos. 

        Produzir, refletir e apreciar, são alguns dos verbos usados no RCNEI para o eixo música, mas vendo as carinhas das crianças podemos também acrescentar: sonhar, viver, amar a música, com esta intenção, o trabalho se volta há muito mais que ouvir aquele velho cd já riscado pelo uso incansável.Temos que inovar, procurar apaixonados como a prof.ª Tamires que tragam pra escola sua ‘mágica’ com o violão.

          Nesta atividade as crianças, ouviram os sons, sentiram o instrumento e até ‘tocaram’.Uma aula inesquecível e um toque de Dó .Ré .Mi, no coração de cada um deles.

image

“Pouco importam as notas na música, o que conta são as sensações               produzidas por elas.” (Leonid Pervomaisky)

 

image

Aqui você encontra um vídeo da música “meu pintinho amarelinho”

Aproveite para cantar e se encantar também!.

.

.

.

.

.

 

            Participando da Semana de Combate ao Abuso contra a Criança e PICT0103Adolescente, nossa escola fez uma atividade com alunos do Infantil V para falar do assunto.

            Na atividade os pequenos assistiram a slides da turma da Mônica que tratam do assunto Estatuto da criança e do Adolescente, a cada cena a professora lia o que estava escrito na tela e depois os alunos falavam a respeito, dando sua opinião e comentando o desenho.

           Neste momento o desenho se torna uma forma de registro, tendo em vista que são crianças de 5 anos que estão iniciando na alfabetização, mas o mais importante desta atividade é a conversa, a troca de idéias e a informação de seus direitos e também de seus deveres.

      PICT0090      Não é de hoje que notamos a importância de tratar deste tema com nossos alunos…”mas eles são tão pequenos”…porém quando o assunto é tratado de maneira agradável eles participam e levam pra vida ensinamentos importantes.

            Ensinamos nossos alunos a ler, escrever, brincar, também falamos com eles sobre seus direitos, para que eles possam ser críticos e cobrem por melhorias tão importantes e que só podem ser cobradas por quem conhece.

      Sabemos que uma atividade só é muito pouco, por isso esse assunto continuará sendo trabalhado.

       Alguns sites trazem informações que podem ajudar neste ‘papo’ com os pequenos:

 

          www.promenino.org.br  além de trazer informações possui também indicações de livros que podem ser baixados no próprio site.

 

http://www.fundacaofia.com.br/ceats/eca_gibi/capa.htm : link do site de onde tiramos as imagens do vídeo, é um gibi da turma da Mônica sobre o estatuto da criança e do adolescente.

image            Também dividimos aqui com vocês o vídeo que usamos nesta atividade.

           Aqui ele esta com fundo da musica: Criança não trabalha_palavra cantada, porem, para uma primeira conversa, é bacana tirar o som da tv e ir pausando em cada cena para conversar, depois para ‘relembrar’ pode se colocar o vídeo para rodar com a musica, neste momento as crianças vão falando o que lembram e mais idéias que vão surgindo…

.

.

Que horas são...

Quem somos...

E.M. Maria Elisa Q. Câmara
Para sugestões, dúvidas,
entre em contato conosco
pelo e-mail:

mariaelisaqc@hotmail.com

Pesquisar neste blog

Carregando...

Importante.

Se a foto de seu filho(a)
está no blog e você
NÃO autorizou,
por favor entre em
contato conosco para
que possamos remover
a foto. Obrigada!

De onde são nossos visitantes...

Pra pensar

"A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo. "

(Nelson Mandela)


Contador de visitas

Mais lidos neste mês